02 de agosto de 2021
Campo Grande 29º 14º

Vereadores derrubam veto, criam secretaria e aprovam dois projetos na sessão de hoje

A- A+

Com 21 votos a quatro, os vereadores derrubaram na sessão de hoje o veto do executivo municipal sobre o projeto de lei do vereador Otávio Trad (PT do B) que institui o parcelamento de dívidas com a Agetran (Agência Municipal de Trânsito) em até dez vezes sem juros. Apenas os vereadores da bancada do PT (Partido dos Trabalhadores) e a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) votaram pela manutenção do veto, do então prefeito Alcides Bernal (PP), o que pode indicar um direcionamento claro dos petistas a se mante na oposição.

Por unanimidade em votação simbólica, os vereadores aprovaram ainda o projeto de lei de autoria dos vereadores Chiquinho Telles (PSD), Carlão (PSB) e Mario Cesar (PMDB) que cria a secretaria municipal de ação comunitária. O titular da pasta será uma indicação do PSD (Partido Social Democrático). “Será uma pessoa que tenha a cara da ação comunitária, não precisa ter canudo”, informou Telles.

O projeto de lei do vereador Eduardo Romero (PT do B) que institui o “Espaço da Paz” localizado em uma praça na avenida Duque de Caxias, esquina com a avenida Ludio Martins Coelho, foi aprovado em segunda votação e o projeto de lei de autoria do vereador Mario Cesar que revoga a lei n. 494, de 14 de novembro de 1956, que considera de utilidade pública a organização Abnegadas de Mato Grosso foi aprovado em primeira votação.

Diana Christie