22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Vereadores usam toda a sessão discutindo outra CPI, dessa vez pelo uso do jatinho de empresário

A- A+

Vereadores de oposição, capitaneados por Alex do PT, pretendem instaurar outra CPI contra Gilmar Olarte, dessa vez pela “carona” dada ao prefeito e à primeira dama no jatinho particular de João Baird, empresário que tem contratos com a Prefeitura de Campo Grande de mais de R$ 10 milhões.

“Parece que estamos divorciados do que está acontecendo nas ruas. Parece que não entendemos o movimento contra a corrupção. O domingo (manifestação de 15 de março) valeu para quê? Serve para combater a corrupção dos outros, quando é no nosso quintal, não?”, questionou Alex.

Denunciando que estaria havendo uma “blindagem” ao prefeito, Alex disse que aé a forma como seus pares se referem aos problemas envolvendo a atual gestão, tratando o tapa buracos como tapa buraquinho, e a utilização do jatinho de Baird como “discutir o jatinho”, é uma demonstração de querer minimizar esses fatos.

No que parece ser uma disputa pela posição de líder do prefeito, o vereador Airton Saraiva (DEM) criticou o fato de Alex, quando líder do prefeito Bernal, defendê-lo de todas as denúncias, buscando desmerecer as acusações, e que o fato de o prefeito ter aceitado a carona do empresário, não implica beneficiamento ilícito.

Outros vereadores da base do prefeito, Paulo Siufi (PMDB) e o líder do prefeito, Edil Albuquerque (PMDB) e João Rocha (PSDB) minimizaram a “carona” e que vêem apenas como excesso de zelo o discurso de Alex. Lembraram que o prefeito, apesar de ter aceitado a carona na viagem de ida, retornou em vôo de carreira. O fato de a primeira-dama ter acompanhado o prefeito, sem necessidade e às custas do erário, não foi mencionado.

Carlão (PSB), acredita que o prefeito errou, mas no mesmo tom dos outros vereadores da base do prefeito, disse que a Câmara não pode ficar parada, discutindo CPIs, quando tanta coisa há para ser feita na Capital.

A discussão começou a partir do discurso do vereador Chiquinho Telles (PSD), que preferiu elencar as ações positivas da atual gestão, que tem se esforçado para resolver problemas herdados das administrações anteriores. Mencionou o Centro Pediátrico como um exemplo de iniciativa que deu certo e vem sendo elogiada pela população. Também destacou o recapeamento da Avenida Guaicurus, o destravamento de pendências que impediam a vinda de 122 empresas para o município, a entrega de obras que estavam paradas, e citou como exemplo  os trabalhos de contenção de enchentes na região das Moreninhas, entrega de moradias populares, reforma do Parque Jaques da Luz e apoio ao esporte com auxílio financeiro aos clubes de futebol.

Alex, que contou com apartes de apoios da bancada de oposição, encerrou sua fala informando que caso a CPI não vingue na Câmara, irá ao Ministério Público formalizar denúncia e pedir a abertura de investigações.