22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

EXTREMA DIREITA

Vídeo: Apoiadores de deputado bolsonarista enforca homem que usava muletas

Homem estava com uma placa de Marielle Franco em frente a sede da PF no RJ nesta manhã de 4ª-feira (17.fev), onde o parlamentar está preso

A- A+

Apoiadores do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) agrediram um homem que estava com uma placa com o nome de Marielle Franco, em frente à Polícia Federal nesta quarta-feira (17.fev), depois de o Supremo Tribunal Federal (STF), decidir de maneira unânime para que fique preso sem direito a fiança ao deputado que atacou os ministros com mentiras em vídeo postado há dois dias numa rede social. O homem agredido usava muletas e foi o primeiro de centenas a receber uma réplica da placa de Marielle na Cinelândia, em 2018. 

VEJA O VÍDEO

Assim que chegou à PF, o homem identificado como Edson Rosa mostrou a placa com o nome da vereadora aos apoiadores de Silveira. Um dos manifestantes partiu para cima do militante e aplicou uma gravata, alegando que esse não era lugar para ele estar. Ele também conseguiu retirar a placa de Rosa e jogá-la longe.

Ainda no chão, o homem conseguiu se levantar com ajuda de uma muleta, mas foi atacado novamente com "mata-leão" aplicado por outro apoiador de Daniel Silveira. Após os dois confrontos, agentes da PF apartaram o conflito e conduziram Edson Rosa para dentro das dependências do órgão. No momento da ocorrência, não havia policiais militares no local, mas uma hora depois, três viaturas grandes de prontidão.

Na terça-feira, Moraes mandou prender o deputado em flagrante. A decisão de Moraes foi de ofício, ou seja, sem provocação da PGR (Procuradoria-Geral da República) ou da Polícia Federal, por exemplo.

*Com O Globo.