08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Negociação salarial

VÍDEO: Bernal descumpre acordo, e presidente da ACP diz que prefeito não merece reeleição

A- A+

Depois de dizer que os professores da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande foram 'traídos' pelo prefeito Alcides Bernal (PP), o presidente do Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação (ACP), Lucílio Souza Nobre, afirmou em pronunciamento na Câmara de Vereadores que o prefeito não merece ser reeleito, pois não cumpre compromisso com educação.

"Quem não cumpre com educação, não merece reeleição", diz Lucílio que foi aplaudido por todos os manifestantes presentes nesta terça-feira (5) na Casa de Leis. Além de professores, estão na Câmara, servidores administrativos da educação, em greve desde 1 de abril, manifestantes de movimentos estudantis que protestam contra lei da Mordaça e representantes de Organizações Não Governamentais que buscam alternativa para receber repasses atrasados há quatro meses.

A ACP tenta negociar com prefeito, via acordo judicial, o pagamento do reajuste referente ao piso nacional, de 13,01%, aprovado pela Lei 5.411/14, em duas parcelas, nos meses de maio e outubro deste ano, e do reajuste salarial de 2015 (11,36%) no dia 1 de maio de 2016. Porém, com inclusão dos professores no texto que prevê reajuste escalonado de 9,57%, a categoria receberia menos da metade do valor exigido e previsto em lei. O presidente do sindicato afirma que 'a ACP não quer fechar as portas do diálogo para Bernal', mas entende que o prefeito quer 'empurrar um acordo'.  "O que ele quer fazer é empurrar acordo da forma como ele quer e isso é desrespeito ao sindicato", finaliza.