19 de janeiro de 2022
Campo Grande 34º 24º

NACIONAL | MINAS GERAIS

Vídeo: servidores municipais agridem professor indígena

Indígenas afirmam que os servidores não gostaram de receber reclamações sobre buracos nas estradas.

A- A+

Um vídeo que está circulando na internet nesta 4ª.feira (08.dez) causou revolta ao mostrar uma briga envolvendo indígenas da etnia Maxakali e servidores da Prefeitura Municipal de Santa Helena de Minas (MG).

De acordo com o portal Estado de Minas, as agressões ocorreram na 2ª.feira (6.dez) em frente à prefeitura da cidade após o professor Alfredo Maxakali pedir auxílio da prefeitura no reboque de um carro que teria sido danificado devido ao péssimo estado das estradas de acesso à cidade. Segundo relatos dos próprios indígenas, as cobranças por melhorias nas estradas desagradaram os servidores municipais que partiram para agressões físicas contra o professor Alfredo.

No vídeo, feito por pessoas que presenciaram a situação, é possível ver dois homens vestidos com camisas na cor laranja agredindo os indígenas. Em determinado momento, um dos homens chuta o professor, que cai no meio da rua. Após a queda do professor, é possível ver uma mulher indígena ameaçando os dois homens com uma vassoura.

Segundo o Boletim de Ocorrência, os servidores disseram que a confusão começou após descobrirem que os Maxakali estariam bêbados e destruindo enfeites natalinos na praça da cidade. Ao serem questionados sobre o motivo da destruição, os indígenas teriam atacado os servidores municipais com pedras, que se defenderam, derrubando o professor Alfredo.

Em vídeo publicado no instagram, a ativista indígena Célia Xakriabá diz que o prefeito de Santa Helena de Minas, Marcus Aurelius Rodrigues (AVANTE), conhecido como 'Marcus de Zé Wilson' estaria entre os agressores. 

Até o momento não há informações a respeito da identidade dos agressores, também não há informações oficiais que confirmem a identidade e o envolvimento do prefeito Marcus na agressão. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Águas Formosas.