08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

VIOLÊNCIA EM CAMPO

'Com o pescoço imóvel', diz juiz da 2ª divisão chutado na cabeça; agressor solto

Rodrigo Crivellaro foi agredido na partida entre Guarani e São Paulo, do Campeonato Gaúcho, retomada ontem (05.out.2021)

A- A+

Com histórico de violência desde as categorias de base, William Ribeiro, que foi preso em flagrante após chutar a cabeça de um árbitro caído, recebeu liberdade provisória nesta 3ª feira (05.out.2021), dia em que foi retomada a partida - paralisada com a agressão aos 15 minutos do segundo tempo -, em que o jogador e seu ex-time (São Paulo-RS) perdiam para o Guarani por 1 a 0. William não entrou em campo. 

Essa decisão de liberdade foi tomada em audiência de custódia, em Venâncio Aires, interior do Rio Grande do Sul, da qual o Ministério Público prometeu recorrer. 

Rodrigo Crivellaro ficou desacordado após levar um chute na parte de trás da cabeça, na noite de 2ª feira (04.out.2021), quando apitava a partida, disputada pela segunda divisão do Campeonato Gaúcho

Depois de passar a noite em observação, ele recebeu alta e deixou o local no início da tarde desta terça-feira, utilizando um colar cervical e com auxílio de uma cadeira de rodas, segundo informações da agência Folhapress. 

Confira o momento da agressão, que contém cenas fortes:

"Não foi nada grave, estou com o pescoço imóvel, mas não foi nada demais. Eu não me lembro de nada. Meus colegas disseram que eu dei cartão amarelo para ele, ele veio para cima de mim, me deu um soco, eu caí, e ele me chutou enquanto eu estava no chão. Eu desmaiei e não lembro de nada", relatou o árbitro à Rádio Imembuí, de Santa Maria (RS). 

A demissão de William veio logo após a agressão, em nota divulgada pelo São Paulo-RS repudiando o ato, se dizendo envergonhado como clube e que William não fazia parte mais do elenco. 

"O contrato com o atleta agressor está sumariamente rescindido. Ademais, todas as medidas possíveis e legais em relação ao fato serão tomadas", seguiu o texto do clube, que comemora seu 113º aniversário e afirmou que se trata de um dos episódios mais tristes de sua história.

Na noite de 2ª feira (04.out), a Federação Gaúcha de Futebol declarou interrompida a partida, que foi retomada às 15h30 de ontem (05.out) e terminou no mesmo placar de 1 a 0, dando vitória ao Guarani.