12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Libertadores

Cruzeiro joga pelo fim da maldição no Mineirão

Com uma vitória apenas em seis jogos no estádio em 2015, Raposa tenta melhorar restrospecto e ficar perto de vaga na segunda fase da Libertadores

A- A+

Com as voltas do zagueiro Léo, do volante Willians e do meia/atacante William, o Cruzeiro enfrenta às 22h, no Mineirão, os venezuelanos Mineros, pela quarta rodada do Grupo 3 da Libertadores. Líder com cinco pontos, a Raposa terá o lanterna pela frente e espera encaminhar a classificação às oitavas. Mas há um problema: Em 2015, o Cruzeiro, no Mineirão, é um fracasso: uma vitória, quatro empates e uma derrota.

Por causa disso, o técnico Marcelo Oliveira – também decepcionado pelas más atuações nos últimos jogos – fez questão de realizar, ontem, um treino puxado no estádio. Essa situação foi analisada pelo goleiro Fábio como uma tentativa de melhorar o entrosamento do time.

– É sempre bom treinar onde vamos jogar e ver este grupo se habituando mais ao gramado do estádio, pois o time mudou muito e tem característica diferente daquele conquistou o bi brasileiro e fez do Mineirão a nossa casa. Tenho a certeza de que voltaremos a ser o time que sempre vence no Mineirão – disse.

O zagueiro Leo, poupado na derrota contra o Tombense, disse acreditar em bom resultado e aposta que as voltas dos Willians serão diferenciais:

– Libertadores não tem jogo fácil e precisamos ser aguerridos. Mas teremos reforços. Willians é um jogador experiente, forte demais na marcação e que estamos conhecendo. E o William é excepcional, fazendo um trabalho tático notável.


Cruzeiro:

Fabio, Mayke, Paulo Andre, Leo e Mena; Willians, Henrique, Arrascaeta e Alisson; William e Leandro Damião

Mineros:

Luis Romero; Pacheco, Julio Machado, Matos e Cíchero; Jiménez, López, Peña, Pérez e Blanco; Valoyes

Árbitro: Jorge Osorio