14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

Felipão volta à CBF após 7 a 1 em posição de destaque e fala de "evolução"

A- A+

Menos de um ano depois do vexame na Copa do Mundo, Luiz Felipe Scolari voltou à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) como convidado, e em uma posição de destaque. No Congresso de Técnicos que ocorre nesta segunda, o treinador do penta e do 7 a 1 formou a mesa principal ao lado de Dunga e falou sobre o que ocorreu no futebol brasileiro desde a goleada para a Alemanha.

"A derrota para a Alemanha não mudou o futebol brasileiro. Continuamos tendo grandes técnicos, excelentes jogadores. Mas claro, temos que evoluir sempre, e é isso que este encontro nos proporcionará", disse Felipão, segundo o site da CBF.

Scolari foi convidado como técnico do Grêmio, posição que ocupa desde o segundo semestre do ano passado. Como ele, todos os outros treinadores da Série A foram chamados pela CBF para um dia de palestras e bate-papos na sede da entidade. Felipão foi convidado pela CBF a formar a mesa principal ao lado de Dunga; Gilmar Rinaldo, coordenador de seleções; Walter Feldman, secretário-geral da CBF; e de Marco Polo del Nero, presidente da entidade.

"Sou o último treinador da Seleção Brasileira a perder uma Copa do Mundo mas, ao mesmo tempo, sou o último a vencer. Todos nós, reunidos nesta sala, temos o mesmo objetivo e por isso esse encontro é tão importante. Devemos ser adversários durante o jogo, mas depois amigos e ter uma boa relação, independentemente do resultado", concluiu Felipão.