23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Polêmica

Jô processa Renata Fan por comparar ele com ladrão

"Ex-Corinthians acusa apresentadora da TV Bandeirantes de tê-lo comparado a um ladrão durante fala no programa Jogo Aberto"

A- A+

Jô foi o autor do gol do Corinthians na vitória diante do Vasco pela 24ª rodada do Brasileirão de 2017.

O comentário em questão aconteceu em setembro de 2017, quando Jô ainda defendia o Timão, que havia vencido o Vasco por 1 a 0 pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, foi justamente o atacante quem marcou o único gol da partida. Um dia depois do jogo, a apresentadora o criticou em uma fala durante o programa Jogo Aberto, da TV Bandeirantes, já que a marcação foi feita com o braço.

“Eu pergunto para você, Denilson: ‘Você roubou o meu anel?’. Você vai falar: ‘Renata, claro que não’. Aí uma câmera na minha casa mostra que você roubou. Aí eu falo assim: ‘Não, Denílson, mas a câmera da minha casa mostra você pegando meu anel’. Aí você fala: ‘Ah, é mesmo, roubei’. Então, o que a gente está falando é de ter iniciativa, de falar a verdade sempre, não porque os outros estão pressionando”, disse a apresentadora.

Na ação movida na Justiça, os advogados do jogador defendem o fato de que a imprensa deve informar e não ridicularizar pessoas ou distorcer informações.”No programa Jogo Aberto, a 1ª Ré [Renata Fan] injuriou e difamou o autor [Jô], quando comparou o mesmo a um ladrão (…) A glosa televisiva da Ré não expressou, apenas, mau gosto da pior espécie, incompatível com o que se possa razoavelmente rotular de verdadeira e saudável matéria jornalística”, afirma o processo instaurado no Tribunal de Justiça de São Paulo.

Desculpas de Renata Fan

Renata Fan no programa Jogo Aberto. Foto: 

Renata Fan se desculpou por comentário feito sobre Jô durante programa Jogo Aberto
Após o comentário ter sido mal repercutido na imprensa, a apresentadora chegou a pedir desculpas públicas ao atacante. “O que eu quis dizer é que Jô deveria se retratar, o que ele fez depois, e fico feliz. Usei a palavra roubar e acho que poderia ter usado outra palavra. Hoje, se eu tivesse uma segunda chance, não usaria esse termo (…) Gostaria de me desculpar com o Jô se ficou algum mal-entendido, mas jamais queria ofender uma pessoa que teve um ano excepcional”, disse Renata Fan à ESPN Brasil.