21 de junho de 2021
Campo Grande 28º 13º

Mesmo com empate, Corinthians avança às oitavas da Libertadores

A- A+

O público recorde que foi ao estádio de Itaquera não viu gol na noite de quinta-feira. Mais de 41 mil espectadores acompanharam o empate por 0 a 0 do Corinthians com o San Lorenzo, resultado que acabou sendo razoavelmente satisfatório para as duas equipes no Grupo 2 da Copa Libertadores.

Agora não mais 100%, a formação alvinegra chegou aos 13 pontos e assegurou sua classificação às oitavas de final com o primeiro lugar da chave. Na briga pela segunda vaga, os argentinos foram a sete e mostraram que apostam em uma vitória sobre o Danubio na última rodada - além de contar com ajuda corintiana contra o São Paulo, que tem nove.

Na zona leste paulistana, os donos da casa tiveram dificuldades para encaixar suas triangulações diante da boa marcação dos visitantes no meio-campo. O San Lorenzo chegou a ser superior em parte do primeiro tempo e, no segundo, demonstrou sua satisfação com o empate. O Corinthians também não fez muito para tirar o zero de seu novo e moderno placar.

Equilíbrio
O Corinthians começou a partida em dificuldades. Houve uma boa jogada inicial de Fagner e Jadson, concluída por Emerson, mas o time encontrou problemas para superar a linha de marcação do San Lorenzo no meio-campo, e os visitantes ficavam mais com a bola.

Uma tabela deixou Blanco em boa posição para finalizar, e a bola passou perto, com leve desvio de Cássio. Do outro lado, embora não houvesse posse, os lances eram perigosos quando a bola passava a intermediária, porém a má jornada de Vagner Love não ajudava.

Jogador mais ativo na criação, Renato Augusto fez Torrico trabalhar algumas vezes. O Corinthians acabou ganhando terreno ao longo do primeiro tempo, ainda que ameaçado com alguma frequência pelo rival, sempre perigoso nas faltas que o árbitro parecia bastante disposto a apitar.

Os donos da casa voltaram melhor para a etapa final, mais presentes no campo de ataque. Mas Love seguiu errando muito e deu lugar a Danilo, aos 15 minutos. Embora os anfitriões tenham buscado o gol com maior ímpeto, nenhum time agrediu o suficiente para balançar a rede.