22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Palmeiras

Valdivia não volta sábado e será analisado em jogo-treino na segunda

A- A+

Não será contra o Mogi Mirim, às 18h30 deste sábado, que o meia Valdivia fará sua estreia em 2015. Embora esteja recuperado de lesão na coxa esquerda e tenha participado de todo o coletivo desta quinta-feira - entre os reservas -, ele não será relacionado pela comissão técnica do Palmeiras e dará sequência ao processo de recondicionamento físico. Na segunda-feira, participará de jogo-treino contra o São Caetano, na Academia de Futebol. Não há uma previsão oficial para o retorno.

Na atividade desta manhã, o Mago chamou a atenção ao recuperar uma bola quase perdida com um carrinho, levantar rapidamente e servir Leandro Pereira para o segundo gol dos suplentes na vitória por 2 a 1 sobre os titulares. Ele ainda deu alguns bons passes, mas mostrou falta de mobilidade e ritmo de jogo. Por isso, a expectativa era de que o jogador pudesse começar no banco contra o Mogi, mas nem isso será feito.

A última aparição do chileno em campo foi em 7 de dezembro de 2014, no empate por 1 a 1 com o Atlético-PR. Na ocasião, ele atuou sob efeito de injeções analgésicas para suportar as dores na coxa e acabou agravando a lesão para ajudar o clube a permanecer na Série A. O Palmeiras sabia que o tratamento duraria mais do que o convencional, mas avalia que ele já deveria ter voltado.

No período de tratamento, Valdivia foi liberado para passar uma semana no Chile sob os cuidados do fisioterapeuta cubano José Amador, foi para Salvador curtir o Carnaval e serviu à seleção de seu país na semana passada mesmo sem ter condições de estar em campo. Todos esses fatos diminuíram o entusiasmo da diretoria para renovar o contrato do camisa 10, que vence em agosto.

O clube decidiu que nem sequer apresentará uma proposta de renovação enquanto ele não provar, com uma sequência de jogos, que tem disposição e comprometimento para seguir no Palestra Itália.