07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

'XADREZ GENTE E ÁGUA'

Corpo remanejado é esperança de escamados terem lar em uma década

Está nas mãos do homem que trabalha o desenrolar de uma trajetória audaciosa no comando do Estado Pantaneiro. A proximidade necessária dos comandantes de cada unidade municipal trará a janela que permitirá voos maiores, mas será preciso sair da água para bater as asas. 

O elefante branco morada de peixes vem desde antes da gestão do pecuarista campo-grandense. Esperava-se que fosse o maior a exibir águas doces no globo, a maior edificação da Morena em prol de atrair turistas. Superfaturado em mais de 165 grandes milhos, já foi uma década e vários peixes. 

Ainda em 2015 a informação que circulava era que "ano que vem termina". Nessa "quarentena" dos escamados, mais de 6 mil deixaram de "branquiar". No xadrez do pecuarista, esperamos que o homem que trabalha, trabalhe.