15 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

MORTE, MORTE, MORTE

'Efeito dominó': Corpos pesam leitos, hospitais, sistemas e cemitérios

Conflitos internos acabam com todos os tipos de acordos e alianças formadas, quando não há concordância há colapso. Palavra assusta, visto o tanto de gente que já foi. Mas as relações aqui estão fracas e é como ouvir o tic-tac de uma tragédia anunciada. 

Comportamento de violinista do Titanic fez a população seguir com o que fazia, apesar dos pesares... e como pesam. Pesam corpos, pesam leitos, pesam hospitais e sistemas de saúde, até quebrar. 

Enquanto heróis sem capa, mas com sacolas na cabeça, injetam o líquido de esperança em uns, um número aburdamente maior de outros age como se a presença da vacina na região tivesse efeito de placebo e amedrontasse o vírus com nome de cerveja. Mas não, infelizmente não. Até evento oficial com ônibus escolar vai acontecer" Vai mesmo acontecer? É um mal de todos, que todos vão sentir. É questão de tempo.

"A morte, surda, caminha ao meu lado. E eu não sei em que esquina ela vai me beijar"

- Raul Seixas