09 de maro de 2021
Campo Grande 31º 21º

Sem liberdade

Acusado de matar adolescente tem habeas corpus negado na Capital

Desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul ( TJ/MS) negaram nesta terça-feira (19) pedido de habeas corpus impetrado em favor de Rodrigo dos Reis Silva, 24 anos acusado de matar o adolescente Alex Tadeu Figueiredo, 17 anos, na Capital. De acordo com autos do processo, Alex Tadeu Figueiredo foi encontrado morto em uma mata próxima à estrada vicinal NE-20, na Chácara dos Poderes, com quatro tiros no dia 14 de setembro de 2014.

Segundo os autos, junto ao corpo da vítima foram encontrados aparelho celular e uma última ligação que seria, segundo os autos, de Rodrigo dos Reis. À época, o acusado disse à polícia que não tinha amizade e que teria ligado para Alex para efetuar pagamento referente a serviços prestados.

Porém, testemunhas relataram que Alex e Rodrigo  eram amigos .De acordo com investigações da polícia Rodrigo dos Reis tinha envolvimento com tráfico de entorpecentes, junto com Alex Figueiredo. Conforme investigação, Alex teria pego a quantia de R$ 7 mil de Rodrigo, e por isso o crime teria sido praticado.

A defesa alega constrangimento ilegal e afirma que não há provas que indiquem que  Rodrigo dos Reis Silva seja autor do crime. Em seu voto o relator do processo, desembargador Romero Osme Dias Lopes, afirma que os pressupostos previstos no art. 312, do Código de Processo Penal estão demonstrados pela "materialidade delitiva, pois o laudo pericial descreveu que ocorreu morte violenta da vítima em razão dos diversos disparos de arma de fogo, e pelos fortes indícios de autoria, uma vez que as investigações indicam que a autoria recai na pessoa do paciente".