27 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Sem liberdade

Acusado de matar adolescente tem habeas corpus negado na Capital

A- A+

Desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul ( TJ/MS) negaram nesta terça-feira (19) pedido de habeas corpus impetrado em favor de Rodrigo dos Reis Silva, 24 anos acusado de matar o adolescente Alex Tadeu Figueiredo, 17 anos, na Capital. De acordo com autos do processo, Alex Tadeu Figueiredo foi encontrado morto em uma mata próxima à estrada vicinal NE-20, na Chácara dos Poderes, com quatro tiros no dia 14 de setembro de 2014.

Segundo os autos, junto ao corpo da vítima foram encontrados aparelho celular e uma última ligação que seria, segundo os autos, de Rodrigo dos Reis. À época, o acusado disse à polícia que não tinha amizade e que teria ligado para Alex para efetuar pagamento referente a serviços prestados.

Porém, testemunhas relataram que Alex e Rodrigo  eram amigos .De acordo com investigações da polícia Rodrigo dos Reis tinha envolvimento com tráfico de entorpecentes, junto com Alex Figueiredo. Conforme investigação, Alex teria pego a quantia de R$ 7 mil de Rodrigo, e por isso o crime teria sido praticado.

A defesa alega constrangimento ilegal e afirma que não há provas que indiquem que  Rodrigo dos Reis Silva seja autor do crime. Em seu voto o relator do processo, desembargador Romero Osme Dias Lopes, afirma que os pressupostos previstos no art. 312, do Código de Processo Penal estão demonstrados pela "materialidade delitiva, pois o laudo pericial descreveu que ocorreu morte violenta da vítima em razão dos diversos disparos de arma de fogo, e pelos fortes indícios de autoria, uma vez que as investigações indicam que a autoria recai na pessoa do paciente".