18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Adolescente de 17 anos que foi apreendido é suspeito pelo estupro de criança de 3 anos

Na tarde do último domingo (20) foi apreendido em Campo Grande um adolescente de 17 anos suspeito de ter violentado sexualmente uma criança de 3 anos no Parque Izabel Garden, bairro da capital.

Segundo o delegado Paulo Sérgio Lauretto, o suspeito confessou o crime e disse que estava sob efeito de drogas. O delegado afirmou que o adolescente teria encontrado a criança que perguntava pela mãe quando “sentiu vontade de ficar com a menina”.

A polícia contou com ajuda de moradores da região onde a menina mora para localizar o suspeito. O adolescente estava em uma casa abandonada quando foi surpreendido por investigadores. Lauretto disse que o adolescente vai responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável.

Relembre o caso

Uma menina de 3 anos saiu pela janela da casa onde morava com a mãe e o irmão, um adolescente de 15 anos, esse fato aconteceu no sábado (12) no bairro Parque Izabel Garden na capital. A menina que dormia com o irmão, acordou e achando que estava sozinha na residência decidiu então sair de casa á procura do familiar, como já era um costume da família levá-la até a casa da avó materna assim que o irmão fosse para escola, ela saiu em direção ao bairro vizinho onde sua avó mora.

Câmeras de segurança de residências próximas á casa da avó da criança  mostram a mesma andando nas ruas do bairro, vizinhas encontraram a menor suja e com frio em frente á casa da avó da criança.

Segundo relatos do pai da menor, a mãe está se sentindo culpada pelo acontecimento, “Ela está em desespero, também não para de chorar, diz que se sente culpada. Mesmo separado dela, quero levar as duas pra morar de novo comigo. Lá elas vão ficar mais perto de mim, sempre foi assim, eu trabalhava e deixava as duas em casa", relatou.

A mãe da criança pode ser indiciada com abandono de incapaz. Mas a questão que deve ser investigada é, como essa criança foi parar em frente á casa de sua avó no bairro vizinho? Essa com certeza é uma pergunta que a sociedade está fazendo, por esse motivo cobra-se explicações, rotinas parecidas com a dessa família existe milhares, pois as mães precisam sustentar seus filhos e no entanto um dia que a rotina é quebrada uma tragédia acontece.