16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

VIOLÊNCIA | CAPITAL

Agemiro é morto a pauladas após não aceitar pagar 'rodada de cerveja'

Chegaram a quebrar um caibro ao desferir golpes contra a cabeça

A- A+


Agemiro Ribeiro da Silva, de 63 anos, foi morto a pauladas às 14:50 desta sexta-feira (21.jan.22) na Rua Jacinto Máximo Gomes, no Bairro Morada Verde, região do grande Coronel Antonino, em Campo Grande (MS).

Segundo o registro de ocorrência, o Delegado Jefferson Rosa Dias, acompanhado dos IPJs, Helmut e Emerson confirmaram o crime ao serem acionados nesta tarde.

O suspeito de matar foi identificado como Robson Ramos da Silva, vulgo Xitão, de 44 anos. Além dele, ajudaram no crime: um homem, supostamente irmão de Xitão e dois sobrinhos. Os suspeitos espancaram Agemiro até a morte usando um caibro, após a vítima não aceitar pagar cervejas para eles. O objeto chegou a quebrar de tantos golpes desferidos contra o crânio e corpo de Agemiro.

Equipes de resgate do Bombeiros chegaram primeiro ao local e de imediato constataram o óbito. Logo depois, chegou a equipe PM composta pelo CB PM Joel e SD PM Guilherme, eles isolaram a área e preservaram até a chegada da Civil com a perícia.  

A perita Regina e o agente Ellison informaram à polícia que algumas residências próximas ao local do fato possuem câmeras de monitoramento, porém, em contato com os proprietários nenhuma está gravando as imagens.

Os acusados devem responder por ao menos 3 crimes: homicídio qualificado por motivo fútil, homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido e homicídio qualificado mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe.

O caso está na 2ª Delegacia de Polícia Civil da Capital.