12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Assaltantes de padaria em Brasilândia são presos um dia após o crime

A- A+

Ontem, a Patrulha Rural de Três Lagoas em apoio a Polícia Militar da cidade de Brasilândia-MS, desarticularam uma quadrilha que agia na região do bolsão sul-mato-grossense. Depois de um assalto ocorrido na noite de quarta-feira (26) na Padaria Bom Jardim, localizada na praça central de Brasilândia, as forças policiais se uniram e tiveram êxito em prender horas depois a quadrilha, que também tinha a intenção de agir em Três Lagoas. Dois bandidos, que estavam em uma motocicleta Honda Titan de cor preta, foram até a panificadora após anunciarem o assalto, renderam cerca de nove adultos e uma criança. A quantia em dinheiro levada do cofre do estabelecimento não foi revelada pelo comerciante. Mesmo com a invasão feita com ameaças, ninguém se feriu. Segundo o delegado da Polícia Civil, Dr. José Renato Miguel, um casa foi alugada por R$ 300,00 em Brasilândia e servia como o “QG” do crime organizado. De acordo com informações,  o bando planejava assaltar comércios em toda a região do bolsão sul-mato-grossense. Os envolvidos foram presos sob acusação de formação de quadrilha e roubo qualificado.  Foram identificados como os Brasilândenses J.A.D de 22 anos , W.R B de 20 anos, B.D.C de 18 anos e o líder F.S.M de 20 anos, o “Fabão” que disse ser o líder da quadrilha e o “disciplina” de uma facção criminosa que age dentro e foram dos presídios do Brasil. Outros dois suspeitos presos na ação foram S.S.P de 22 e um menor de 16 anos, ambos residentes em Santa Rita do Pardo-MS. O sétimo e último envolvido, que permanece foragido, é conhecido como “Tupã”, e reside no interior paulista. A arma de fogo usada no assalto foi localizada em um matagal ao lado de um imóvel em Brasilândia. O revólver calibre 38 com munições intactas foi apreendido e passará por um exame pericial para saber a procedência do armamento. MOTOS APREENDIDAS A utilizada o assalto, uma Honda Titan, também foi apreendida pela polícia naquele município e permanece à disposição da Justiça na sede da Polícia Civil. Outro veículo, uma Yamaha 125 sem placas de identificação – furtada em Santa Rita do Pardo – também foi localizada pela polícia em Brasilândia. A moto foi furtada e seria usada pelo bando nas fugas dos crimes que seriam praticados. O caso está sendo registrado na Polícia Civil de Brasilândia, onde os envolvidos permanecem presos e o menor apreendido. Leide Laura Meneses com colaboração especial de Marco Campos