24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

NACIONAL | VOLTAVAM DE CUIABÁ

Cantor sertanejo cochila no volante e carro capota 3 vezes; "Senti Deus nos protegendo", diz esposa

Artista nega ter cochilado como afirmou a PRF; ele estava voltando de Cuiabá

A- A+

O cantor sertanejo Giovani, da dupla com Gian, e sua esposa, Anna Carolina Morais, sobreviveram a um acidente de carro, com triplo capotamento, às 7h20 deste sábado (31.jul.21) no quilômetro 198, da Rodovia Presidente Dutra, em Arujá (Município em São Paulo). 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, ele estava acompanhado da esposa, quando teria cochilado ao volante, perdeu o controle do veículo e bateu contra uma mureta. O carro capotou 3 vezes e deslizou por cerca de 80 metros, até parar no acostamento da via.

Tanto Giovani quanto a esposa dele foram levados ao Hospital Nipo Brasileiro pela equipe médica da CCR NovaDutra, concessionária que administra a via. O casal teve ferimentos leves.

Nas redes sociais, Anna publicou imagens do acidente e contou que voltava de Cuiabá com o marido quando o carro capotou. Ela disse que já está em casa e que passam bem.

Nas redes sociais Anna Carolina Morais, esposa de Giovani, falou sobre o acidente — Foto: Instagram/Reprodução

"Hoje eu saí de manhã para cumprir uma agenda de compromissos do meu marido em Cuiabá. Nesse caminho, nosso carro capotou três vezes. Essa aqui sou eu inteira depois de um carro capotado", relatou a mulher.

"Senti Deus protegendo a gente. Sou católica, tenho muita fé em Deus, muita fé no amor que Deus tem pela gente. Meu olho está vermelho porque eu já chorei muito. Não quero fazer 'story' chorando, mas eu e meu marido tivemos um livramento muito grande hoje", completou.

CANTOR NEGA TER COCHILADO

Em nota, a assessora da dupla Gian e Giovani disse que, diferentemente do que foi informado pela PRF, o acidente aconteceu porque o cantor foi fechado por uma carreta em alta velocidade. Disse também que ele seguia para o Aeroporto de Guarulhos.

"Frisamos que o Giovani conduzia em baixa velocidade, com cinto de segurança, presando sua vida e de sua esposa e, para não colidir com o outro veículo, nas devidas circunstâncias, conduziu o veículo ao acostamento onde veio a capotar", completa.