24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Cinco anos após ser flagrado com arma e maconha, médico do Samu é condenado a pagar multa

A- A+

Um médico foi condenado a pagar multa por improbidade administrativa cinco anos após ter sido flagrado com dois tabletes de maconha e uma arma de fogo nas dependências do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Segundo o site Campo Grande News, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, que não divulgou o valor total da multa, condenou o médico a pagar o equivalente a cinco vezes seu último salário recebido. 

O caso ocorreu em 17 de junho de 2016, após sua esposa denunciá-lo por ameaça de morte com uso de arma de fogo e violência doméstica e familiar. Ao se dirigirem à sede do Samu, os policiais encontraram uma pistola da marca Taurus calibre 7,65 mm com munição e dois tabletes de maconha acoplados a um fundo falso de uma bolsa do médico.