26 de julho de 2021
Campo Grande 34º 20º

TRÁFICO | CAMPO GRANDE

Com 112 passagens, "Nego Drama" é preso durante a 'saidinha de 7 dias'

Polícia perseguiu indivíduo que distribuía entorpecentes próximo a rodoviária antiga nesta noite (11.jun)

A- A+

Fabiano Celestino da Silva, de 22 anos, foi preso hoje (11.jun.21) em flagrante quando vendia drogas à pequenos traficantes no Centro de Campo Grande, próximo a antiga rodoviária.

A polícia diz que o rapaz é conhecido pelo apelido de “Nego Drama” e tem 112 passagens e, ainda, estaria durante beneficio do regime de saidinha de 7 dias da prisão. A Lei de Execução prevê saída temporária para visitar a família, que pode ser concedida cinco vezes ao ano. Cada saída pode durar até sete dias corridos.

Segundo o registro de ocorrência, Fabiano estava repassando drogas a pequenos traficantes caracterizado “trafico formiguinha”. A polícia foi informada por denúncia anônima e indo ao local avistou o suspeito na Rua Barão do Rio Branco sentido Avenida Ernesto Geisel. A polícia então disse ter flagrado o homem cercado por usurários distribuindo drogas. 

Nesse momento, diz a polícia, um olheiro do tráfico que estava próximo ao antigo terminal rodoviário gritou ‘olha chuva’, espécie de código alerta que os criminosos utilizam para avisar que a polícia está se aproximando. Depois do aviso, todos viram a viatura e começaram correr em direções opostas. 

A polícia, porém, passou a perseguir apenas “Negro Drama” e o alcançou. Com ele, diz a polícia, haviam R$ 22,00 vinte e dois reais, um aparelho celular e oito pedras de substância análoga a cocaína (pasta base) que pesaram 06 (seis) gramas. 

De acordo com a polícia, ao chegar o nome do suspeito, notou-se que ele já havia sido fichado por três passagens por furtos, oito passagens por receptação, cinco passagens por roubos, duas por tentativas de homicídio, 01 porte ilegal de arma de fogo e oito por tráficos de drogas, além de passagens por crimes menores, totalizando 112 crimes listados.   

Perguntado porque fugiu, Fabiano disse que como estava no benefício da saidinha de 7 dias não queria quebrar o regime. 

O rapaz foi preso em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas. O caso foi registado na Delegacia de Pronto Atendimento do Centro (Depac).