22 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 23º

HOMICÍDIO | IGUATEMI

'Companheira' de homem morto a facadas é presa 5h após crime em MS

Mulher de 37 anos disse que foi até a frente da casa decidida a matar Alberto, pois ele teria cometido agressões contra ela

A- A+

Andreia Lopes Silva, de 37 anos, suspeita de matar Alberto dos Santos, de 44 anos, foi presa em flagrante 5h após o crime na Rua Joao Garcia, quase na esquina com a Rua Trinta e Um de Março, no Bairro Vila Operária em Iguatemi, município no interior de Mato Grosso do Sul.

Ontem a polícia já tinha adiantado ao MS Notícias que a suspeita era ‘companheira’ da vítima e que os investigadores estavam perto de pegá-la.

De acordo com o registro de ocorrência, o casal teria iniciado discussão na casa de uma vizinha na rua João Garcia, eles teriam ido embora após a desavença, sendo que ainda saíram discutindo, quando chegaram em frente a casa de Alberto a mulher desferiu a facada que atingiu a clavícula de Alberto, o matando no local.

Presa, a mulher confessou que quando foi até a casa brigando com a vítima já estava decidida a matar, pois, segundo a suspeita, Alberto vinha praticando violência física contra ela. 

Ao menos 5 pessoas foram ouvidas no inquérito, e devido a polícia ter feito diligências continuas contra a suspeita ela foi presa em situação de flagrante pelo crime de homicídio simples.