05 de dezembro de 2021
Campo Grande 33º 23º

HOMICÍDIO | FRONTEIRA

Corpos achados em sacos; 'vítimas saíram para negociar caminhonete'

Desaparecidos desde o dia 29 de setembro foram achados neste domingo (3.out)

A- A+

Os corpos de Marcelo Adrian Benitez Ortiz, de 26 anos e Cornelio Ramon Jara Bogarin, de 27 anos, ambos moradores de Pedro Juan Caballero, foram achados dentro sacos às 8h deste domingo (3.ou.21)  entre Pedro Juan Caballero e Bella Vista, na fronteira entre Brasil e o Paraguai. 

As vítimas estavam desaparecidas desde o dia 29 de setembro quando disseram para a família que iriam "negociar" uma caminhonete Toyota Fortuner. 

O ponto de encontro para o negócio seria próximo a colônia de San Luis, onde os corpos foram encontrados. Depois disso, os homens não voltaram para casa e a família registrou o desaparecimento junto a Polícia Nacional do Paraguai.

Esses são os rapazes achados em sacos pretos na fronteira. Foto: DR Esses são os rapazes achados em sacos pretos na fronteira. Foto: DR 

A polícia paraguai disse que ambas as vítimas morreram por disparos de arma de fogo.  

Os dois homens foram identificados pela família, Marcelo por meio de uma tatuagens.

Imagem borrada mostra tatuagem na perna da vítima em estado de putrefação. Foto: Reprodução