20 de abril de 2021
Campo Grande 32º 19º

Noroeste

Crime pode ter sido por causa de rixa, esclarece delegado

Anderson Aponte Vargas, de 22 anos, conhecido como “Buguinho”, foi apresentado na manhã desta quinta-feira (25) na 3ª Delegacia de Polícia Civil, em Campo Grande. O rapaz cometeu homicídio em dezembro do ano passado no bairro Noroeste.

Anderson foi preso quando transitava em uma motocicleta na avenida Euler de Azevedo, no dia 6 de fevereiro, o rapaz foi abordado pela polícia. Os policiais solicitaram a documentação e constaram que havia um mandado de prisão em aberto contra o mesmo.

Troca de tiros

Anderson possui passagens por tráfico e porte de arma 

Alberto de Marques de Souza estava numa festa no mesmo bairro, quando foi avisado que o irmão Albert Marques Pereira tinha sido baleado e estava ferido. Em seguida, Alberto saiu em direção de encontrar e tirar satisfação com suspeito, onde acabou com trocas de tiros.

Alberto foi atingido com um dos disparos na perna. Já Albert foi encaminhado para o posto de saúde do bairro Tiradentes, onde não resistiu e morreu. O crime ocorreu durante uma festa de natal por volta das 18h do dia 25 de dezembro de 2015.

A polícia apreendeu na casa de Albert um revólver calibre 38, a vítima já tinha várias passagens, inclusive por homicídio, cometido em outubro de 2015. A arma usada pelo autor do crime não foi encontrada pelos policiais.

Armados

Segundo o delegado titular da Polícia Civil, Fabiano Nagata, o autor e os irmãos “andavam sempre armados e tinha como costume ameaçar a vizinhança, todos moravam no Noroeste”. O crime pode ter sido motivado por causa de rixa.

Conforme a polícia, Anderson está preso no Instituto Penal de Campo Grande e tem passagens por vários crimes, entre eles: tráfico de droga, corrupção de menores, porte legal de arma e furto, ao total são 11 registros.