13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Segurança Máxima

Detento morre em cela após parada cardíaca por ingestão de drogas

'Por volta da meia noite colegas de cela de Danrley começaram a gritar e bater nas grades para chamar os agentes ao local'

A- A+

Apesar de todas as denúncias e investigações e frequentes revistas, drogas continuam entrando em unidades prisionais de Mato Grosso do Sul. Na madrugada de hoje, terça-feira (20), em Campo Grande, um detento do Presídio de Segurança Máxima da Capital morreu após usar drogas. Os agentes penitenciários foram avisados por colegas de cela da vítima.

A vítima foi identificada como Danrley Matos da Silva de 22 anos. Por volta da meia noite colegas de cela de Danrley começaram a gritar e bater nas grades para chamar os agentes ao local.

O detento estava na cela 5 e foi retirado e colocado no corredor, quando o Corpo de Bombeiros foi acionado, já que no presídio não existe enfermeiros de plantão. Foi constato o óbito do preso, que sofreu uma parada cardíaca.

De acordo com informações repassadas por outros detentos, Danrley morreu depois de consumir drogas dentro da cela. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Danrley já havia sido condenado por roubo em 2015, quando armou uma emboscada para um homem que contratou os serviços de uma travesti.