16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

VIOLÊNCIA SEXUAL

Dor em órgão genital de menina de 2 anos levam mãe a procurar a polícia

A mãe foi dar banho na menina notou que ela estava com as partes íntimas vermelhas, a mulher viu a calcinha da filha com sangue

A- A+

Um registro de estupro de vulnerável foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) em Campo Grande por uma mulher de 29 anos, mãe da criança. 
 

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul investiga se a menina de 2 anos foi abusada sexualmente.

Segundo o relato da mãe, ela foi buscar a filha na casa do pai na última terça-feira (25), depois da criança passar cinco dias na residência do ex-marido.
 

Mas, quando foi dar banho na filha notou que a menina se afastava dela e que estava com as partes íntimas vermelhas, a mulher viu a calcinha da filha com sangue, e, durante o banho, na hora de lavar as partes íntimas da criança, a menina reclamou de dores.

Desconfiada sobre o sangue, a mulher pegou uma camiseta branca e passou levemente no corpo da criança, constatando que ela estava mesmo sangrando.

Segundo a delegada titular, Fernanda Félix, a criança passa por exames. “A vítima foi encaminhada para um exame de sexologia forense, sendo possível analisar, pela conclusão do laudo pericial, se houve crime de violência sexual”, informou Fernanda.