18 de maio de 2021
Campo Grande 32º 19º

Polícia

Entrega de troféus aos vencedores do 2º Prêmio de Jornalismo do TJMS será no dia 23

A- A+

Está confirmado: será no dia 23 de abril, às 15 horas, no Salão Pantanal, no Palácio da Justiça, a solenidade de entrega dos troféus do 2º Prêmio de Jornalismo do Tribunal de Justiça. Em razão das medidas de biossegurança, o evento será restrito aos vencedores do certame.
 
O tema desta segunda edição foi "Masculinidades Positivas no Enfrentamento à Violência contra a Mulher" e os jornalistas concorreram nas categorias Telejornalismo, Jornalismo Impresso, Jornalismo On-line, Radiojornalismo, Fotojornalismo (para profissionais que atuam na área), além da categoria Universitário para reportagens produzidas por acadêmicos em curso da área de Comunicação Social de instituições de ensino superior de Mato Grosso do Sul.
 
Foram aceitos trabalhos inéditos veiculados no período de 1º de janeiro a 26 de novembro de 2019, com reportagens ambientadas em Mato Grosso do Sul e evidenciando os temas: O desafio das novas masculinidades; Paternagem; Desmistificação da masculinidade; Sexualidade e masculinidade; Sensibilidade e masculinidade.
 
Nas categorias profissionais, a premiação foi de R$ 3.500,00 para o primeiro colocado e 2.000,00 para o segundo colocado. Na categoria Universitário a premiação foi de R$ 1.500,00 e R$ 1.000,00 para o primeiro e segundo colocado, respectivamente.
 
Foram vencedores em Fotojornalismo Marco Aurélio Miatelo Prado (1º lugar) e Flávio Marques Verão (2º lugar). Na categoria Jornalismo On-line a primeira colocada foi Evelin Araújo dos Santos Cáceres e Valdelice Bonifácio conquistou o segundo lugar.
 
Em Radiojornalismo, Jaqueline Naujorks ficou com o primeiro lugar e Adeline Fernanda Bacelar Ramires, com a segunda colocação. E na categoria Universitário Matheus de Lima Aranda ficou em primeiro e José Victor Marçal Câmara, em segundo.
 
O Prêmio de Jornalismo é uma forma de reconhecimento do Tribunal de Justiça, por meio da Coordenadoria da Mulher, da Secretaria de Comunicação e Assessoria de Cerimonial a profissionais que divulgam informações no combate à violência contra a mulher.

Fonte: TJ MS