18 de junho de 2021
Campo Grande 27º 15º

INTERNACIONAL | NY YORK (EUA)

Filho estupra e estrangula mãe, de 65 anos, na véspera do Dia das Mães

Autor se entregou logo após o crime; chegou com as mãos cheias de sangue numa delegacia do Queens

A- A+

Pushkar Sharma, de 28 anos, foi até uma delegacia de polícia do Queens, em Nova York (EUA) na manhã de sábado, 8 de maio, e confessou à polícia que estuprou e matou estrangulada a própria mãe, Saroj Sharma, de 65 anos, em 8 de maio, um dia antes do Dia das Mães.  

Ontem, domingo (9. maio), Sharma foi oficialmente acusado pelo crime.  

Segundo a polícia de Nova York, o suspeito teria surpreendido a mãe pelas costas, agarrando-a e batendo-lhe até ela cair no chão. Depois de já estar caída, teria continuado a agredi-la, chegando a asfixiá-la e por fim cometendo o crime de abuso sexual.

A vítima perdeu a consciência e acabou morrendo. 

Saroj supostamente tinha hematomas no rosto e no pescoço. Ela foi levada para o Centro Médico Judaico de Long Island, onde foi declarada morta.

De acordo com as autoridades, após matar sua mãe, Sharma subiu ao seu quarto, pegou sua carteira e as chaves e caminhou foi à delegacia, onde confessou o assassinato. “O que deveria ter sido uma celebração do Dia das Mães se tornou um pesadelo brutal e trágico para uma família do Queens”, disse Katz em um comunicado. Democrata, Katz atuou anteriormente como Presidente do Queens Borough. Katz também foi vereadora da cidade de Nova York de 2002 a 2009.