13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Maracaju

Homem atira no rosto de esposa grávida e atinge pescoço de cunhado

Autor atirou na jovem mulher, e irmão da mesma encontrou cunhado e ao enfrentá-lo foi baleado no ombro e pescoço.

A- A+

O fato inicial ocorreu por volta das 18:30h da noite desta terça-feira (1) na Rua Circular, Vila Moreninha, onde o possível autor Laercio Santos da Silva (39) de vulgo Carioca, após discutir, atirou contra a cabeça de sua amásia Joice Aparecida Freitas Pacheco (18) que está gestante.

A jovem ficou caída na residência e seu irmão Daniel Jose Freitas Pacheco (19) vendo sua irmã baleada saiu em perseguição ao seu cunhado “Carioca” e o localizou fugindo a pé pela Rua Campo Grande esquina com a Rua Teofanes Barbosa de Moraes, e entrou em luta corporal com o autor, que sacou da arma de fogo e disparou por duas vezes, acertando Daniel/cunhado no pescoço e ombro. Daniel caiu ao solo e “Carioca” novamente fugiu a pé sentido Ginásio Louquinho.

Testemunhas que assistiram a luta entre cunhados e viram o momento em que Daniel fora baleado, acionaram o Corpo de Bombeiros através do telefone de emergência 193 e rapidamente a unidade de resgate (UR) se deslocou ao endereço, imobilizou Daniel e o transportou ao Pronto Socorro para atendimentos médicos.

Ao chegarem no Pronto Socorro, Daniel questionou os militares dos Bombeiros, sobre sua irmã que havia sido baleada; até aquele momento os militares do Corpo de Bombeiros, não sabiam que havia uma vítima baleada anteriormente por “Carioca”; de posse destas informações e do endereço na Rua Circular, os Bombeiros saíram do Pronto Socorro e foram ao local e localizaram Joice inconsciente e com um ferimento provocado por arma de fogo na região do nariz, com forte sangramento, mas ainda com sinais vitais, sendo colocada em prancha rígida e encaminhada ao Pronto Socorro em regime de urgência.

O estado de saúde de Joice é considerado grave, sendo ela transferida em vaga de urgência para a capital Campo Grande, na tentativa de evitar que a jovem sofra morte cerebral, pois o projétil ficou alojado em seu crânio.

Daniel irmão de Joice tem seu estado de saúde estável e está internado no Pronto Socorro aqui de Maracaju.

Laercio Santos da Silva (39) de vulgo Carioca, já possui passagens pelos meios policiais e ostentava recengtemente em mídias sociais uma arma de fogo, como se fosse normal a posse da mesma.

Os agentes do SIG e Polícia Militar trabalham na tentativa de localizar Laercio e esclarecer os motivos da tentativa do homicídio duplo e a localização da arma de fogo.

Se você possuir qualquer informação que possa levar ao paradeiro de Laercio Santos da Silva (39) de vulgo “Carioca”, ligue no telefone da Polícia Civil 3454-1972 ou 190 da Polícia Militar, sua identidade será totalmente preservada.