28 de junho de 2022
Campo Grande 28º 17º

EXECUÇÃO | CAMPO GRANDE (MS)

Identificado corpo achado com tiro nas costas na Vila Nova Capital

Jovem era da Bahia e estava em tratamento em MS, diz site

A- A+

Seria de Lucas Moraes da Silva, de 25 anos, o corpo encontrado na última terça-feira (14.jun.22) com sinais de tiro nas costas em um terreno baldio na Rua Osni Moura, na Vila Nova Capital, em Campo Grande (MS). A informação é do Campo Grande News. 

O jovem era natural de Aracaju (SE) e morava Paulo Afonso, na Bahia junto com a família e, segundo a mãe, Maria de Lourdes Moraes da Silva, ele estava em Campo Grande há aproximadamente 3 anos para trabalhar e fazia tratamento contra dependência química em uma clínica terapêutica, na Vila Bandeirantes.

De acordo com o site, o reconhecimento do corpo foi feito pela mãe através das fotos das tatuagens. Lucas não tem familiar em MS. 

O Campo Grande News afirmou que a mãe disse que agora pedirá ajuda de um conhecido para ir até o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL) fazer a liberação do corpo do rapaz. E que família ainda vai decidir se farão o traslado do corpo do rapaz para Paulo Afonso, ou se farão o sepultamento em Campo Grande.

SEM IDENTIFICAÇÃO OFICIAL

O MS Notícias localizou o extrato do boletim de ocorrência que ainda nesta  sexta-feira (17.jun.22) não consta a identificação oficial de que o corpo é realmente de Lucas.

O B.O indica que o homem foi vítima de tiros às 23h50 do dia 14 de junho. Naquela ocasião, uma testemunha escutou três disparos de arama de fogo e teria visto um homem caindo na grama em um terreno baldio de esquina. A vítima foi encontrada em decúbito dorsal com uma perfuração de arma de fogo nas costas, na parte superior. A polícia diz que a vítima foi encontrada sem documentos pessoais para identificação no ato.  

Sobre os autores do assassinato, de acordo com o registro policial, há uma residência na mesma rua, que é um espaço de eventos, ao lado do terreno onde o corpo foi achado, que tem câmeras de monitoramento que podem ter capturado o ocorrido e ajudar a esclarecer os fatos.

O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia de Pronto Atendimento do Centro de Polícia Integrada (Depac-Cepol). 

Fonte: Campo Grande News.