22 de junho de 2021
Campo Grande 29º 16º

Jovem de 24 anos é encontrado morto em fazenda de Três Lagoas

A- A+

Um jovem de 24 anos foi encontrado morto na manhã de hoje, em uma fazenda na região de Três Lagoas. O produtor rural Adalberto Medrada, 39, acionou a PM (Polícia Militar) da cidade, dizendo que havia encontrado um homem morto em sua propriedade.

De acordo com o portal TL Notícias, equipes da Patrulha Rural e um policial lotado no destacamento do Distrito de Arapuá se dirigiram até a região conhecida como “Piaba” - distante 80 km de Três Lagoas.

Ao chegar no local, as equipes encontraram  o jovem Marco Firmino dos Santos caído ao lado de uma cerca de arame farpado. Próximo ao corpo , que estava desaparecido desde o último sábado foi constatado que havia três fios de alta tensão, o que pode ter provocado a morte do campeiro.

Ao lado do corpo, a polícia também localizou uma espingarda calibre 36. O delegado da 2º Delegacia de Polícia Civil, Dr. Alberto Cesar Batista Vieira e o delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Dr. Thiago passos, junto com seus investigadores e a Polícia Científica (Perícia) estiveram no local para colher informações para esclarecer o caso.

No bolso da camisa Marco, a polícia encontrou diversas munições intactas de calibre 36 e uma faca, que estava guardada na cintura do cadáver.  Após os levantamentos feitos pelas equipes, o corpo foi liberado para a remoção até a cidade de Três Lagoas.

Devido ao corpo estar em avançado estado de decomposição, os agentes funerários informaram aos familiares que a vítima seria levada até o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e após passar pela necropsia, teria que ser levado ao cemitério municipal de Três Lagoas para o enterro. Neste tipo de situação, os familiares não teriam como velar o jovem, devido ao estado de petrufação do corpo.

A perícia e os delegados vistoriaram a extensão do cabeamento e constaram que os fios encontrados próximo do corpo eram usados para ligar uma bomba d'água, usada para captar a água do rio Piaba e levar até a casa do sitiante, onde o corpo foi encontrado. Devido os fortes indícios e provas colhidos no local, acredita-se que a vítima morreu eletrocutada. A espingarda que o homem portava pode ter enroscado nos fios energizados, causando uma descarga elétrica em seu corpo, matando o jovem na hora.

“Ele é meu amigo e sumiu desde o último sábado. Neste dia eu tinha ido para Três Lagoas e ele deve ter vindo em casa quando aconteceu a fatalidade. Todos os dias ele vinha em casa e conhecia bem esta região. O que aconteceu aqui foi um acidente”,  disse o morador do sítio.

O sitiante que instalou a rede elétrica de forma irregular será ouvido nos próximos dias na Polícia Civil de Três Lagoas e deverá ser responsabilizado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

“O dono deste sítio é trabalhador e como vocês podem notar, ele está prestando todas as informações necessárias aos policiais. Devido à morte, ele está chocado por ter perdido o melhor amigo”, disse uma testemunha.

O caso continuará sendo investigado pela polícia de Três Lagoas, onde o caso foi registrado.

Dany Nascimento e Marco Campos