13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Foragida

Jovem que cumpria prisão domiciliar usando a 'famosa' tornezeleira, arranca o equipamento e foge

"A jovem foi presa por tráfico; onze quilos de maconha"

A- A+

Cumprindo pena domiciliar por tráfico de drogas, Camila Almeida Menacho (20), arrancou a tornozeleira eletrônica e fugiu, por volta das 21h30 de ontem, terça-feira (16), em Campo Grande. O caso aconteceu na Rua Oito, no Bairro Nova Campo Grande, na Capital. 

De acordo com o registro de ocorrência, o pai da jovem de 49 anos foi quem encontrou o equipamento em casa, onde mora com a filha, e acionou a Polícia Militar informando que Camila havia fugido.

Segundo o delegado Rodrigo Camapum, que atendeu a ocorrência, camila já é considerada foragida. A tornozeleira permite o controle em tempo real, com os locais e horários frequentados pelos presos monitorados. No momento em que ocorrer o desvio do itinerário permitido ou rompimento do lacre da tornozeleira, uma equipe policial é acionada para averiguação da situação.

Em fevereiro do ano passado, Camila foi flagrada pela Polícia Federal com onze quilos de maconha, no Aeroporto Internacional de Campo Grande. A droga seria levada para Vitório, Espirito Santo. Pelo serviço, a jovem disse que receberia R$ 1,2 mil.