23 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Juiz da Capital é convocado para atuar no Mutirão Carcerário em MT

O juiz Albino Coimbra Neto, titular da 2ª Vara de Execução Penal de Campo Grande e membro da Covep (Coordenadoria das Varas de Execução Penal), foi convocado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), para atuar no Mutirão Carcerário em Mato Grosso, no próximo mês. Além do juiz, a equipe de trabalho do Mutirão será formada por dois servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul e uma servidora do Conselho Nacional de Justiça, conforme a Portaria nº 86 de junho de 2014. A Portaria foi uma das últimas ações do Ministro Joaquim Barbosa, antes de sua aposentadoria. Esta não é a primeira vez que o CNJ prestigia o trabalho realizado pelo juiz. Em julho de 2012, o CNJ editou a Resolução nº 154, que destina o valor arrecadado com as penas pecuniárias a projetos sociais. A resolução se baseia na prática pioneira do magistrado que funciona no Estado desde 2009. Tayná Biazus