19 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

Mais de 12 toneladas de mercadorias na fronteira são apreendidas pela Receita Federal

A- A+

Cerca de 12 toneladas de mercadorias trazidas da Bolívia, e que não possuíam documentação fiscal de importação, foram apreendidas pela Receita Federal na tarde de ontem, no ponto Esdras, faixa de fronteira. Uma carreta com placas do Paraná, que voltava do país vizinho, foi abordada. Pela documentação, o veículo deveria estar vazio, mas, como estava coberto com uma loca, chamou atenção dos fiscais, que ao verificarem o compartimento de carga, encontraram fardos de vestuários, toalhas, artigos de artesanato e ainda grãos e batatas. De acordo com relatos feitos pelo motorista, e divulgados pelo site Diário Corumbaense, a carga seria levada até o pátio de uma transportadora, no município de Corumbá – distante 444 quilômetros de Campo Grande - onde iria buscar notas fiscais para “acobertar” a importação irregular. O motorista foi levado para a Delegacia de Polícia Federal, no qual foi autuado por contrabando e descaminho, cuja pena varia de um a cinco anos de reclusão em caso de condenação. A PF e a Receita Federal também irão apurar a responsabilidade da transportadora no caso. O valor estimado da apreensão é de R$ 170 mil, de acordo com o inspetor-chefe da Receita Federal. Os vestuários falsificados serão destruídos; os que estão em condições de uso, vão a leilão ou serão doados a entidades beneficentes. Já os alimentos e outros produtos perecíveis, também serão destruídos. Tayná Biazus