23 de outubro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Assassinato

Marido de suspeita pela morte de manicure é preso por assassinato

A- A+

Alisson Patrick Vieira da Rocha, 22 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (11) acusado de assassinar a travesti Adriana Penosa, no Bairro Morada Verde, em Campo Grande. Ele é marido de Gabriela Antunes Santos, uma das suspeitas de ter assassinado a manicure Jennifer Nayara Guilhermete de Moraes, em janeiro deste ano.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Alexandre Evangelista, o acusado é autor de um crime ocorrido em 22 de março do ano passado e estava foragido desde então. Adriana Penosa, de 22 anos, foi morta a tiros por motoqueiros, no Bairro Morada Verde, em Campo Grande. O crime ocorreu por volta do meio-dia. Segundo a polícia, Adriana foi atingida por um tiro na axila e outro o abdômen.

O delegado explica que ainda não sabe exatamente qual o envolvimento de Alisson na morte da manicure, porém já se sabe que ele fez uma viagem na companhia de Gabriela para o Rio de janeiro logo após a morte da manicure Jeniffer.

Ele foi preso nesta manhã na casa do pai e vai responder pelo crime de homicídio qualificado pela morte da travesti e por adulteração de veículo, porque o carro usado no assassinato da manicure pertence a ele e estava com a placa adulterada. Ele está preso na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande onde vai permanecer aguardando julgamento.