22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Crime Passional

Marido mata mulher e simula suicidio em Sete Quedas

A- A+

Na noite de sábado, dia 21, Após denuncia de um suicídio em uma residência localizada na faixa na Avenida Internacional, próximo a uma indústria da cidade, os policiais dirigiram-se ao local, e depararam com Maria Aparecida Avalo de 49 anos morta, pendurada na estrutura do telhado por meio de um pano enrolado ao pescoço.

Após diligências realizadas, tais como análise das fotos feitas no local, objetos encontrados na residência e depoimentos de testemunhas, as suspeitas recaíram sobre o atual convivente da vítima Gilberto e seu amigo Jonas, que residiam na mesma casa da mulher. Após sua localização, Gilberto e Jonas assumiram o homicídio, que até então aparentava ser um suicídio.

Gilberto Palares do Nascimento de 29 anos e Jonas Braga Oliveira de 27 foram presos na manhã de terça-feira, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, pela equipe de investigações da Delegacia de Polícia do município. Eles são acusados de homicídio doloso (Violência Doméstica).

Segundo os investigados, eles encontravam-se ingerindo bebidas alcoólicas com a vítima no período da tarde do sábado, aproximadamente às 14h, e acabaram discutindo, momento em que Gilberto, descontrolado, enforcou a companheira mediante auxílio de Jonas, sendo este responsável por segurar a mulher pelas costas.

Ocorrida a morte, Gilberto decidiu pendurar o corpo da vítima pelo pescoço para simular suicídio, novamente com auxílio de seu comparsa Jonas. Após o ocorrido a dupla fugiu para uma fazenda localizada em Paranhos.

O Delegado responsável, Fabrício Dias dos Santos, representou pela prisão preventiva dos acusados.