30 de novembro de 2021
São Paulo 39º 24º

POLÍCIA

Motorista da BMW que matou técnica de enfermagem teria atuado em homicídio aos 19 anos

Homem furou sinal na Avenida Prefeito Heráclito José Diniz de Figueiredo com Rua Veridiana na noite deste domingo (24jan.21) resultando na morte da técnica de enfermagem

A- A+

Wilson Benevides de Souza, que hoje tem 29 anos, há 12 anos atrás teria pilotado uma moto para o autor dos disparos que matou o adolescente Alexsander Marcos Leite, de 15 anos, num crime ocorrido no dia 7 de dezembro de 2009 no bairro Estrela do Sul, em Campo Grande, mesmo bairro em que na noite de ontem (domingo-24.jan.21), Wilson matou a técnica de enfermagem Carla Jaqueline Miranda, de 40 anos, após ele em uma BMW furar o sinal no cruzamento da Avenida Prefeito Heráclito José Diniz de Figueiredo com Rua Veridiana – e, atingir na contramão a moto Honda Biz, que era conduzida por Carla. Ela foi arremessada a uma distância de 10 metros e não resistiu.

Segundo a polícia, Wilson foi preso em flagrante, após no teste do bafômetro constatar que haviam 0,57 miligramas de álcool por litro de sangue. Estava embriagado. Ele também não apresentou Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

No crime em que teve envolvimento em 2009, Wilson, aos 19 anos teria pilotado a moto para o garupa Thiago Pereira Carrilho, também de 19 anos, que teria feito os disparos com revólver de calibre 357 que atingiram Alexsander. Wilson foi preso por esse crime em 24 de dezembro de 2009.

Foi realizado contato com a equipe do Tribunal de Justiça (TJMS) para averiguar se o acusado respondia em liberdade, se foi absolvido ou cumpriu sua pena pelo crime de mais de uma década, mas até a publicação, não obtivemos resposta.