16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

FAMOSA DA INTERNET

Musa das Estradas, caminhoneira Aline Fuchter segue internada

"Rezem por mim, por favor", pediu a motorista em um post em que mostra a carreta destruída após acidente

A- A+

Conhecida na internet como Musa das Estradas, a caminhoneira Aline Fuchter, está internada no Hospital Regional de Cáceres (MT), se recuperando de sequelas de um acidente no qual foi vítima no dia 13 de janeiro, na BR-174. Na sexta-feira (21.jan.22), ela publicou uma imagem nas redes sociais que mostra o caminhão que ela conduzia destruído.

Aline explicou aos seus seguidores em um grupo fechado que uma peça de uma caminhão que seguia à sua frente na pista se soltou e a atingiu. "Gente, graças a Deus já estou bem melhor. Eu sofri uma fratura no fêmur e uma fratura no braço. Saltou uma peça do caminhão da frente, eu estava a 40 quilômetros por hora e essa peça pegou em mim, isso fez furar meu pneu e eu perder a direção e mesmo estando devagar a 40 por hora, fez tudo isso... mas já estou me recuperando bem, hoje é o terceiro dia, eu já estou falando, estou comendo, bem diferente dos outros dias", explicou a caminhoneira.

Aline Fuchter postou foto de sua recuperação nas redes sociais  Foto: ReproduçãoAline Fuchter postou foto de sua recuperação nas redes sociais — Foto: Reprodução

 Conforme a imagem compartilhada por Aline, a maior parte da estrutura da cabine que compõe o lado do motorista, onde Aline estava no momento do acidente, ficou destruída.

“Rezem por mim, por favor”, pediu ela em uma legenda.

“Ainda estou em um hospital em Mato Grosso. Estou toda engessada. Para ir ao banheiro é difícil, para conversar é difícil, ainda estou anestesiada. Só queria ter saúde nesse momento. Peço muito a vocês que orem por mim”, disse.

Ela está sendo acompanhada pela mãe, que viajou de Santa Catarina, onde a família mora, para Mato Grosso, nesta semana.

O ACIDENTE

Aline sofreu o acidente na BR-174, entre Pontes Lacerda e Porto Esperidião, a 483 km e 358 km de Cuiabá, respectivamente. Depois de bater sua carreta em outro caminhão, ela ficou presa nas ferragens e foi socorrida por outros motoristas que passavam pelo local.

A motorista estava acompanhada pela amiga Lauren Borges, que teve ferimentos leves e já voltou para casa.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou, à época, que testemunhas contaram que a caminhoneira passou em cima de uma peça quebrada que estava na pista, o que fez com que um pneu dianteiro da carreta estourasse.

Em seguida, Aline teria perdido o controle do veículo e bateu de frente com outro caminhão.

Aline fazia o transporte de soja no dia do acidente. Parte da carga ficou espalhada na pista.