21 de janeiro de 2022
Campo Grande 35º 22º

FEMINICÍDIO | DOURADOS

Namorado é preso suspeito de assassinar 'mulher de pijama' deixada em pedreira

Luciano matou a vítima depois de descobrir que ela tinha a intenção de terminar o relacionamento, diz site

A- A+

Luciano Pedroso de Oliveira de 25 anos, foi preso como principal suspeito pela morte da namorada Larissa da Silva Cruz, de 18 anos, assassinada a golpes de faca ontem, 3ª-feira (15.dez.2020), deixada morta na antiga pedreira de Dourados, interior do Mato Grosso do Sul. A mulher usava um pijama vermelho no momento em que seu cadáver foi encontrado.  

Segundo o site, Ponta Porã News, Luciano matou a vítima depois de descobrir que ela tinha a intenção de terminar o relacionamento, então ele a convidou para ir ver a lua, no local onde os dois sempre iam e lá cometeu o assassinato.

Após o crime o suspeito pegou um ônibus para a cidade de Campo Grande e seguiu para Bataguassu, onde foi preso. Ele estaria tentando fugir para São Paulo.

Ainda de acordo com o site, Luciano deve chegar a Dourados ainda na manhã de hoje, 4ª-feira (16.dez.2020) quando o delegado de Polícia Civil, Rodolfo Daltro, concederá entrevista coletiva às 9h para detalhar a prisão do acusado e a motivação do crime.

Leia sobre o crime em: Corpo encontrado de pijama vermelho com cerca de 20 facadas, era de jovem de 18 anos