20 de junho de 2021
Campo Grande 25º 13º

Polícia

Novo canal de atendimento do 2º Grau facilita atendimento aos jurisdicionados

A- A+

No ar há cerca de um mês, o novo canal de atendimento da Secretaria Judiciária do TJMS - 2º grau registrou boa aceitação e procura pela população. Utilizando uma conta comercial do aplicativo WhatsApp, foram 2.973 mensagens recebidas, outras 3.235 mensagens enviadas, em um total de mais de 550 atendimentos no mês.

Tanto partes como advogados buscaram o atendimento pelo WhatsApp da Judiciária, sendo que a procura por advogados de fora do Estado foi muito grande. Já dentro do MS, a busca maior foi feita pelas próprias partes dos processos, com pedidos de informações sobre andamento processual e dúvidas diversas.

De acordo com o diretor da Secretaria Judiciária do Tribunal de Justiça, Sérgio Getúlio Silva Junior, "como o canal da Secretaria Judiciária atende apenas a processos em trâmite no 2º Grau, para quem está em busca de informações do 1º Grau é passado o contato do respectivo cartório, de modo que a pessoa não fica sem resposta".

Dos serviços solicitados para o 2º Grau, acrescenta o diretor, a maioria é de dúvidas sobre como solicitar uma sustentação oral para os julgamentos por videoconferência, recolhimento de custas e solicitações de decurso de prazo e de baixa de processos.

Diante das respostas dos atendimentos, o diretor acredita que o novo canal está servindo ao seu propósito de atender quem precisa dos serviços da justiça de segundo grau com celeridade. "Feitos os atendimentos, as pessoas nos agradecem e parabenizam pela iniciativa, então acredito que estamos sim com uma prestação jurisdicional de qualidade, na agilidade que a parte precisa", completou.

Funcionamento Para acessar o canal de atendimento, basta clicar no link   https://wa.me/message/6XXHEFIF2EAAG1 disponível na página inicial do Portal do TJMS. É possível também escanear o QRCode pela câmera do celular, que converterá as informações no endereço do novo canal.

Iniciado o atendimento, o sistema encaminha as opções necessárias para acionar cada um dos serviços disponíveis.

Fonte: TJ MS