16 de setembro de 2021
Campo Grande 32º 20º

PF

Operação da Polícia Federal mira líder do PCC em MS

Ação aconteceu após ser flagrado tráfico de drogas em universidade

A- A+

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (3) a operação Residence, que cumpriu ao todo 38 mandados de prisão preventiva e 23 de busca e apreensão. Um deles, dentro do Presídio de Segurança Máxima de Campo, o alvo era liderança do Primeiro Comando da Capital (PCC), e continuava comandando o tráfico de drogas na Paraíba, mesmo preso em Mato Grosso do Sul.

O traficante “Pitbull”, como era conhecido, foi preso por tráfico de drogas na Paraíba. Ele foi transferido para o presídio federal em Mato Grosso do Sul, por ser considerado de alta periculosidade. Alguns mandados de busca e apreensão foram cumpridos contra familiares do criminoso, na Paraíba, que são suspeitos de ajudarem no transporte de drogas.

A Operação Residence, nome dado em referência à moradia universitária utilizada para armazenamento e distribuição das drogas, começou quando investigações apontaram que um estudante estava traficando drogas na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). 

O principal suspeito, acadêmico de pedagogia, tinha recebido alvará de soltura após cumprir pena por tráfico de drogas. 

A Operação conta com a participação de aproximadamente 200 policiais federais e acontece na Paraíba, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Paraná, Rondônia e Roraima.