22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

‘Operação Dia do Trabalho’ resulta em prisões de homicida e 3 foragidos da Justiça

Equipes do 7º Batalhão da PM de Aquidauana e Miranda intensificaram o policiamento durante o feriado

A- A+

A Polícia Militar divulgou nesta quinta-feira (2) balanço sobre o policiamento ostensivo, realizado em meio ao feriado do Dia do Trabalhador (1º). Segundo a corporação, as últimas 24 horas de da “Operação Dia do Trabalho” resultaram na prisão em flagrante de Ronaldo Dias Costa, 33, pelo assassinado de Paulo Espíndola na última segunda-feira (30) após ser espancado até à morte aos fundos da rodoviária de Aquidauana.

O caso comoveu a cidade, já que, por motivo banal, Ronaldo provocou a situação e desferiu contra a vítima socos e chutes até desacordá-lo. A equipe do Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas ao chegar ao local, Paulo já estava sem vida. O autor foi encaminhado à Delegacia de Polícia e está à disposição da Justiça.

Capturados

Ainda durante a operação, guarnições do 7º Batalhão PM em Aquidauana e Miranda prenderam três foragidos da justiça nas últimas 48 horas. O primeiro, um homem de 21 anos de idade foi capturado na segunda (30), por volta das 10 horas, no Bairro Nova Aquidauana, e o outro foragido, de 28 anos de idade, foi preso ontem (1º), por volta das 13 horas, no Bairro Ovídio costa II, agora pela equipe de serviço escalada para este dia. Segundo a Polícia, as prisões aconteceram diante de atitude suspeita e foram abordados na rua. Após consultas, foi constatado que ambos possuíam ‘mandados de prisão’ a serem cumpridos.

Em Miranda, o Batalhão da PM capturou o terceiro foragido, de 32 anos de idade), às 13 horas de desta quarta (1º), nas proximidades do Bairro Nova Miranda. O homem teve seu nome consultado no sistema de Checagens da Segurança Pública, após abordagem realizada pela guarnição. Contra ele possuía uma determinação judicial para que fosse preso assim que encontrado. Todas os envolvidos foram encaminhados as Delegacias de Polícia locais, para as devidas providências.