13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Operação Dublê: Cinco continuam foragidos

A- A+

A Operação Dublê, deflagrada na manhã de ontem, está atrás de cinco pessoas que possuem envolvimento com a quadrilha acusada de tráfico de drogas que agia em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Goiás, elas continuam foragidas.

De acordo com o Dourados News, um dos foragidos Edinei Pedroso de Moraes, o ‘Cupim’, tido como cabeça do grupo e de alta periculosidade. Os outros são Diego Peralta Carneiro, Felipe Néri Colman Lopes, Rosangela Almeida e Isabella Alves da Silva.

A Operação Dublê foi realizada pelo Gaeco  (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), em conjunto com o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e policiais militares de Goiás e São Paulo.

Na manhã de ontem, em Dourados – distante 225 quilômetros de Campo Grande – foi preso Jairo Rodrigo Censi Casari. Com ele os policiais encontraram uma caminhonete GM S-10 preta com sinais de adulteração. Jairo foi encaminhado para o 1º Distrito Policial de Dourados e será autuado por receptação, além do suposto envolvimento com o grupo preso.

Outras 15 pessoas acabaram detidas durante o dia. Luciana Alves Borges, Wagner Moreira da Silva, Srimati Radharani Gonçalves Paula Passos, Danilo Aparecido da Silva, Maria Muniz da Silva e Gival Batista de Souza, tiveram mandados de prisão cumpridos.

Já Douglas Neves de Souza, Emerson José Neves de Lira, Franklin Almada Ajala Ferreira, Geanderson da Silva Banheza, Ailton Luiz Schweich, Murilo Toledo Pacheco, Kamila Gomes de Aguiar, Werley Neves de Castro e Danilo Alves de Jesus Silva, já estavam presos e foram autuados.

Tayná Biazus