01 de julho de 2022
Campo Grande 30º 19º

PRINCIPAL SUSPEITO

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais, é preso após 3 anos

Isabela Tibcherani, na época namorada do ator, comentou a prisão do pai

A- A+

Paulo Cupertino Matias, de 52 anos, foi preso nesta segunda-feira (16.mai.22) em São Paulo (SP) acusado de triplo homicídio. Ele era considerado foragido desde o domingo (9.jun.19), quando em frente a sua casa, na Estrada do Alvarenga, no Bairro Pedreira, na Zona Sul de São Paulo, matou a tirosator Rafael Miguel, de 22 anos, e os pais dele, João Alcisio Miguel, de 52 anos e Miriam Selma Miguel, de 50 anos. 

Na época, Rafael namorava a filha do acusado, Isabela Tibcherani, de 18 anos. Rafael foi até a casa da namorada juntamente com os pais para esclarecer a relação para os pais de Isabela. No entanto, o Paulo era contra o namoro e acabou atirando ao menos 13 vezes contra a família no portão da resiência.   

No início da noite desta segunda (16.mai.21), Isabela se manifestou por meio de um curto texto nos stories do Instagram. A jovem, hoje com 21 anos, escreveu: "Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito [a] respeito agora, mas quero agradecer todas as mensagens e todo apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço. Grata", postou. 

TRAJETO

 

A polícia acredita que desde a fuga o suspeito passou por pelo menos oito cidades, sendo 7 delas em três estados, e uma em território paraguaio. São elas:

  • Sorocaba, Águas de São Pedro, um município não informado e Campinas, todas no estado de São Paulo;
  • Jataizinho, no Paraná, e Ponta Porã e Eldorado, ambas no Mato Grosso do Sul;
  • Por fim, Liberación, no Paraguai.

EM MS?

Cupertino chegou a passar um tempo trabalhando em fazendas de Mato Grosso do Sul. Nós mostramos imagens aqui no MS Notícias de Paulo trabalhando na lida com gado. Para ser aceito no local, ele disse ao contratante que se chamava 'Manoel Machado da Silva'. Ao ser localizado por meio das imagens, Cupertino fugiu, tomando rumo ignorado até esta segunda.  

O sítio que teve mais longa estadia fica em Eldorado. No local, o acusado ficou 15 meses, até 27 de outubro, estimam os investigadores. Para disfarçar o rosto, Cupertinho sempre usava: boné e barba longa para diferenciar-se de sua aparência ao ano do crime.

PRISÃO

Os policiais da 6ª Seccional paulista disseram que fizeram a prisão e encaminharam o preso para o 98º Distrito Policial, no Jardim Miriam, Zona Sul de São Paulo. Cupertino foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde fez o exame de corpo de delito e depois foi para a Divisão de Capturas, no prédio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro da capital paulista. Ele ficará à disposição da Justiça.

Ao chegar ao prédio do DHPP, Cupertino negou os crimes: “Eu sou inocente. Não matei ninguém”.

Segundo o delegado da 6ª seccional, a equipe de policiais recebeu uma informação de que Cupertino estaria na capital paulista, foram checar e encontraram o procurado.

Incluído na Difusão Vermelha da Interpol, Cupertino era o primeiro nome da lista dos criminosos mais perigosos e procurados de São Paulo.

Vídeos gravados por câmeras de segurança mostram o momento em que ele atira 13 vezes em Rafael e os pais.  

Cupertino é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. 

O Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de São Paulo, disse que Cupertino contou com a ajuda direta de pelo menos quatro amigos, que são investigados pela suspeita de esconderem o criminoso.

Dois amigos deles viraram réus no mesmo por terem ajudado o assassino a fugir. Eles respondem em liberdade pelo crime de favorecimento pessoal. São eles: Eduardo Jose Machado, o 'Eduardo da Pizzaria', dono de uma pizzaria na Zona Sul de São Paulo; e Wanderley Antunes Ribeiro Senhora, que mora em Sorocaba, no interior paulista.

     O ATOR 

    Rafael era conhecido na grande mídia por ter interpretado o personagem Paçoca na novela "Chiquititas", do SBT, e por ter trabalhado em um famoso comercial em que uma criança pede brócolis à mãe.

    Ele também atuou em novelas da Globo, como “Pé na Jaca”, “Cama de Gato” e o especial de fim de ano “O Natal do menino imperador”.