22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

PF investiga susposta organização criminosa por corrupção em Estatal de Energia

A- A+

A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União, deflagrou hoje a Operação Choque, com o objetivo de investigar suposta presença de uma organização criminosa dentro da Eletronorte S.A.

Foram cumpridos dez mandados judiciais, sendo oito de busca e apreensão e dois de prisões temporárias em Marília (SP), Brasília(DF), Porto Velho(RO), Rio de Janeiro, capital, e Belo Horizonte (MG). Cerca de 50 policiais federais participaram da operação.

Até o momento a investigação comprovou que um integrante do corpo gerencial da estatal, por meio de uma empresa “laranja” em nome de familiares,enriqueceu ilicitamente, recebendo vantagens indevidas de pessoas jurídicas que mantinham contratos com a empresa.

A PF e o MPF investiga a possível prática dos crimes de corrupção passiva e ativa, formação de quadrilha, fraudes licitatórias, lavagem de dinheiro, além de trabalhar para identificar outros possíveis integrantes da organização criminosa.