24 de julho de 2021
Campo Grande 33º 17º

PM de Aquidauana realiza apreensão de arma e cumpre mandados judiciais

A- A+

A Polícia Militar de Aquidauana –distante 143 quilômetros de Campo Grande- está realizando operações em estradas vicinais, distritos e assentamentos das cidades de Aquidauana e região. Como resultado destas operações,  diversas armas de fogo foram apreendidas e mandados judiciais cumpridos.

Na última sexta-feira, os policiais militares da Rotai e do 2º pelotão de Anastácio – distante 134 quilômetros de Campo Grande- prestavam apoio a oficiais de justiça no cumprimento de mandados de prisão no Assentamento Monjolinho, zona rural do município. Os policiais, durante diligências, chegaram a uma propriedade sem nenhuma pessoa, mas avistaram no quintal uma espingarda carabina, calibre 22, de cano cortado, coronha de madeira e duas munições intactas. Os PMs conduziram a arma de fogo abandonada, apresento-a na delegacia de Anastácio.

No sábado, por volta das 10h, a guarnição da Polícia Militar de Anastácio foi informada que no hospital municipal havia dado entrada uma pessoa suspeita de ser foragido da justiça. Ao chegar no local foi constatado que o homem de 32 anos, conhecido no meio policial, estava sendo atendido pelo médico. Ele possuía um mandado de recaptura a seu desfavor. Após o atendimento médico o homem foi encaminhado à delegacia de Anastácio.

Já por volta das 21h25, na cidade de Bodoquena – distante 260 quilômetros de Campo Grande – durante rondas pelas vias do município foi avistada uma pessoa em atitude suspeita.  Na abordagem e identificação foi constatado um mandado de prisão em desfavor do homem de 36 anos. O autor tentou resistir à prisão, mas foi contido, imobilizado e levado para a delegacia local.

Já no domingo,por volta da 1h50, o Centro de Operações da Polícia Militar de Aquidauana recebeu reclamações sobre uma movimentação que acontecia em uma residência, que perturbava o sossego dos moradores da região. Os policiais foram até o local e constataram que acontecia um evento em frente de uma residência, próximo a um posto de combustível. Segundo uma pessoa organizadora da festa, eles estavam comemorando o aniversário de uma jovem de 24 anos.

A guarnição descobriu que não havia autorização dos órgãos competentes e nem alvará para funcionamento, sendo que algumas testemunhas disseram ter pagado a quantia de R$ 20,00 para adentrar na festa. Uma das organizadoras da festa foi informada de que teria que encerrar o evento. No exato momento, em que as pessoas foram informadas sobre a ordem dos policiais militares, um adolescente de 17 anos se dirigiu aos policiais militares e passou a desacatá-los. Este recebeu voz de apreensão e foi contido na viatura. Algumas pessoas tentaram impedir apreensão do infrator, inclusive mais duas pessoas desobedeceram a ordem e passaram a também desacatar as guarnições Rotai, Radiopatrulha e Trânsito, sendo um jovem de 23 anos e uma jovem de 20 anos.

A Polícia Militar estabeleceu a ordem, impediu a continuidade da festa ilegal e apresentou as três pessoas apreendidas na delegacia de Aquidauana pelos crimes de desobediência e desacato. Após o término da festa, a Polícia Militar  recebeu ligações de agradecimento pelo trabalho realizado.

Tayná Biazus