04 de maro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Tráfico

Polícia Federal desarticula “os cowboys” da maconha em MS

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quinta-feira (18) dez pessoas envolvidas na distribuição e tráfico de droga no Estado. As prisões fazem parte da “Operação Cowboy” e foi realizada em Aquidauana e Campo Grande.

As investigações tiveram início em julho do ano passado, o grupo era responsável pela distribuição de maconha em veículos e eram levadas para outros estados. A PF cumpriu mandado de prisão preventiva, dessas, somente dez estão presas.  Também estão sendo realizadas buscas e apreensões.

Na Capital, cinco pessoas foram presas e as demais em Aquidauana, entre elas três já estavam presas no Presídio de Trânsito da Capital, onde respondem por tráfico de drogas. A partir das investigações, a polícia descobriu que os presos mantinham contato com os traficantes via mensagens por aparelhos celulares, foi quando foi descoberto que os três também faziam parte da quadrinha, eles serão autuados por organização criminosa.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Leonardo Nogueira, a droga era transportada de Bela Vista, interior do Estado, e era levada até Aquidauana, onde eles distribuíam para outras partes do País, inclusive na Capital. Os entorpecentes eram levados em caminhão e quando chegavam à Capital, elas eram colocadas em outros veículos de luxos, da onde são distribuídos para outros estados.

Ainda conforme o delegado, as investigações começaram há oito meses e a Operação está na sua primeira fase. “Essa não é o encerramento da operação, as investigações continuam ainda”, frisa Nogueira.

Durante as investigações foram apreendidas 500 kg de maconha, uma Hillux branca, duas motos e também uma espigada. Entre os presos está uma mulher e os restantes são homens. Ainda segundo a polícia, um dos chefes da quadrinha foi preso e também o financiador do tráfico, que ajudava com veículos e quantias em dinheiro.

De acordo com a PF, os criminosos negociavam somente maconha e era comercializada também em outros estados como Rondônia e região. A polícia ainda procura três pessoas que estão foragidas e devem ser presas a qualquer momento.

Operação Cowboy- O nome da operação faz referência ao apelido utilizado por um dos principais investigados.