06 de maro de 2021
Campo Grande 28º 19º

Polícia Federal e MPF deflagram operação e envolvidos em fraudes bancárias são presos

Na manhã desta quarta-feira (2) a Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal, deflagrou a Operação Lammer, com o objetivo de reprimir fraudes bancárias cometidas através da Internet.

Foram cumpridos 07 mandados de prisão preventiva, 14 de busca e apreensão, além de 12 conduções coercitivas nas cidades de São Paulo/SP, Osasco/SP, Águas Lindas de Goiás/GO, Brasília/DF, Itororó/BA, Teixeira de Freitas/BA e Vitória da Conquista/BA, sendo esta última cidade o local para onde a maioria dos recursos desviados eram encaminhados.

As fraudes eram cometidas através da captura de dados como senhas, invasão de contas bancárias, transferências dos saldos para “laranjas”, ou ainda utilizando os valores desviados das contas para pagamentos de boletos bancários, taxas de licenciamento de veículos, contas de consumo (água, luz, telefone, tv a cabo, etc.) e outros títulos. Os prejuízos causado às instituições financeiras está estimado em milhões.

As pessoas que estavam sendo investigadas foram presas e encaminhadas para delegacia e responderam por crimes de estelionato qualificado e constituição e integração de organização criminosa.

Significado de Lammer

É o termo pejorativo utilizado para nomear criminosos cibernéticos que se acham acima do bem e do mal e que acreditam que nunca serão pegos. Em geral são operadores de programas desenvolvidos para captura de senhas, utilizados para invasões de contas bancárias através dos sistemas de Internet Banking.