19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Praça do Rádio

Polícia ouve 2 testemunhas do caso de jovem que morreu após ser degolada na Capital

O delegado Miguel Said da 1ª Delegacia de Polícia de Campo Grande vai ouvir ainda na manhã desta segunda-feira (1) duas testemunhas do caso da jovem de 22 anos encontrada morta na noite deste domingo (31) na Praça do Rádio Clube, região central de Campo Grande. Conforme apurou MS Notícias, a namorada de Thays já chegou à delegacia para prestar depoimento. 

Thays Giedry Borges dos Santos foi encontrada degolada por volta das 23h30. A polícia investiga se crime foi passional. Conforme informações preliminares, a jovem trabalhava em uma pastelaria próxima à praça e se deslocou até local para se encontrar com alguém. 

Policiais identificaram mensagens de WhatsApp no celular da jovem, em que ela, pouco antes de ser assassinada, conversa com uma amiga e diz que iria até praça "encontrar uma pessoa".

Thays havia registrado Boletim de Ocorrência (B.O) em 2013 contra ex-namorada por lesão corporal. A polícia investiga se ocorrência de 2013 possa estar relacionada com morte da jovem.

*Matéria editada às 11h15 para acréscimo de informações .