28 de junho de 2022
Campo Grande 28º 17º

VIOLÊNCIA | FRONTEIRA

Polícia prende pistoleiro acusado de matar policial na fronteira

Acusado estava a bordo de uma 'Kombi'; polícia diz que ele tem os traços do assassino

A- A+

Carlos Villa Alta López, de 24 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (13.jun.22) no Bairro Cristino Potrero, em Capitán Bado, na fronteira do Paraguai com o Brasil. Ele estava a bordo de uma 'kombi' de passageiros viajando com destino à Pedro Juan Caballero, capital do departamento de Amambay, no Paraguai. 

López é acusado de executar o inspetor de polícia paraguaia, Luís Alcibíades Peralta, morto a tiros no sábado (11.jun.22). Publicamos um vídeo do ato da execução aqui no MS Notícias.  

Segundo a Polícia Nacional, ao realizar a verificação no ônibus, foi notado que López possuía a vestimenta e características semelhantes ao assassino. 

Conforme os investigadores, López é perigoso pistoleiro com antecedentes prolíficos e 7 mandados de prisão, por Homicídio Intencional, Tentativa de Homicídio, Exposição ao Perigo do Tráfico Terrestre, Redução, Furto Agravado, Violência Familiar, entre outros.

A polícia identificou o agora detido por meio das imagens de circuito fechado de monitoramento.