18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

PRF prende 11 pessoas em rodovias no Estado por dirigir embriagados

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta segunda-feira (8), o balanço parcial da Operação Carnaval 2016. A ação iniciou às 00h da última sexta-feira (5) e termina nesta quarta-feira (10), às 00h e faz parte do conjunto de ações da Operação Rodovida Integrada, entre 18 de dezembro de 2015 a 14 de fevereiro de 2016.

Durante o período da operação, há um aumento no fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais, bem como no consumo de bebidas alcoólicas, fatores estes que colabora para o aumento de acidentes, feridos e mortos.

Com o efetivo reforçado as ações de policiamento e fiscalizações estarão mais focadas para que se evite acidentes de trânsito. Doze radares fotográficos, 140 etilômetros/bafômetros, 70 viaturas operacionais, um helicóptero.grupo de operações com cães.

Todo o efetivo operacional disponível em escala diferenciada bem como o reforço do efetivo de policiais que exercem atividades administrativas, distribuídos ao longo de 3.647 km de rodovias sob a circunscrição de uma superintendência, 10 delegacias PRF e 22 unidades operacionais da PRF pelo Estado.

 

Balanço parcial

 

Nos primeiros dias da operação até as 12h de segunda-feira (08) apontaram:

 

-4.599 veículos fiscalizados;

 

-4.872 pessoas fiscalizadas;

 

-1.851 abordagens educativas;

 

-2.035 testes de etilômetro (bafômetro);

 

-1.936 infrações de velocidade;

 

-50 autuações por alcoolemia (ingestão de álcool);

 

-11 presos por dirigir sob influência de álcool.

Acidentes

Foram registrados dois acidentes com óbitos nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Um em Bela Vista na BR-060 no km 651 no sábado (06), com colisão frontal com duas mortes e dois feridos, a princípio o motorista teria dormido ao volante. Já em Sonora na BR-163 no km 842 no domingo (07) uma batida resultou na morte de uma pessoa por falta de atenção.

Orientações da PRF

A orientação da Polícia Rodoviária Federal é de que nenhum motorista ingira bebida alcoólica nas 24 horas que antecedem a condução de um veículo e comece a viagem após estarem descansados, pois são fatores que influenciam os acidentes.

A velocidade é infração que potencializa a ocorrência de acidentes, assim como as ultrapassagens em locais proibidos ou forçadas são as principais causas de colisões frontais, onde são fatais.

O uso de cinto de segurança e de equipamento e retenção para crianças salvam vidas. Acidentes que envolvem motocicletas resultam em maior porcentagem de feridos e mortos e seus condutores devem ter atenção redobrada. (Com Assessoria)